Dores E ALEGRIAS

 

POEIRA E LUZ

 

          Os sofrimentos caminham para o nada,

          as alegrias para a plenitude.

          Sofrer com resignação e paciência

          abrevia a duração da dor.

          Cultivar alegria, transmitindo paz

          é a melhor maneira de superar dificuldades

          e alimentar a chama da felicidade.

          O sofrimento tem seus graus de intensidade e

          durabilidade nos labirintos escuros da alma,

          mas a alegria também possui diferentes níveis

          no espaço luminoso do ser.

          Os sofrimentos desaparecem na poeira do tempo;

          as alegrias crescem e se estabilizam na luz

          inestinguível da eternidade.

 

Romanelli

 

Livro:  Grãos de Amor

            Ariston S. Teles, pelos Espíritos Tagore e Romanelli

            LIVREE – Livros Espíritas Editora           

 

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!