MESMO ASSIM, CONTINUE...

 

 

O melhor exercício para a paz é a prática da caridade. Por que a prática da caridade? Porque para fazer a caridade é necessário dar-se. Enquanto faz a caridade a pessoa muda. Às vezes, nós estamos ajudando alguém e a pessoa está-nos tratando mal. É necessário vencer o personalismo para ter paciência, para continuar ajudando. Quantas vezes estamos ajudando alguém e a pessoa ainda diz que é ela quem está ajudando, e a gente tem que fazer de conta que é?! Porque há pessoas tão brutalizadas, tão atrasadas, que até para serem beneficiadas, só o aceitam se a gente fica aparentemente numa posição inferior. Elas têm a ideia de que a posição superior é

a da colocação no alto. Quando se mede 0 indivíduo da cabeça para cima e não pela fita métrica no corpo é que se tem ideia da grandeza do homem.

 

Divaldo Pereira Franco

 

Livro:   A Serviço do Espiritismo (Divaldo Franco na Europa)

               Divaldo Pereira Franco, por Espíritos Diversos, Nilson de Souza Pereira

               LEAL – Livraria Espírita Alvorada Editora

 

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!