Quando pedires

Quando pedires a Deus determinado tipo de amparo, não te esqueças de que Deus se manifestará por aqueles com os quais te cercou as trilhas da existência.

Serve sempre, ainda que seja pouco, muito pior que servir pouco, é não ter utilidade para ninguém. É afundar-se a pessoa no poço da inércia.

Auxilia sempre para o bem de todos, ainda que seja pouco, porquanto muito pior que auxiliar pouco, é não auxiliar em favor de alguém, de modo algum.

De tudo o que seja bom e útil, belo e nobre, é conveniente realizar sempre mais, porque quanto mais fizermos nas áreas do Bem, mais amplamente receberemos os bens da vida.

Entretanto, se não pudermos realizar o máximo, atendamos pelo menos ao mínimo do que possamos fazer, de vez que todo muito depende do pouco a fim de começar.

...Se crises dessas te ferem a sensibilidade, não esmoreças e suporta com firmeza a tempestade espiritual em que te vejas, sem desertar do posto de serviço em que a Sabedoria da Vida te situou.

Provavelmente, agora não percebes os fios invisíveis que entretecem as ocorrências para o bem, no entanto, se permaneces fiel ao próprio dever, agindo e servindo, em tempo breve, reconhecerás, muito embora as provações sofridas, que a Lei de Deus, em nosso benefício, faz sempre o melhor.

Se algo te faz parar no serviço do Bem a que te impuseste, recebendo o empréstimo da existência no mundo, refaze as próprias energias, levanta-te das sombras da tristeza e não te acomodes com a inércia.

Do livro "Caminho Iluminado"
Francisco Cândido Xavier

 

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!