CURA

 A cura sempre provém da força da própria vida, quando canalizada corretamente.

*

          A cura de uma enfermidade impõe a extinção das suas causas.

*

          A cura real somente ocorrerá do interior para o exterior, do cerne para a sua forma transitória.

          Nesse sentido, a cura tem início quando o paciente se ama e passa a amar o seu próximo.

(...)

Assim, a cura é um processo profundo de integração da pessoa nos programas superiores da Vida.

Toda cura procede de Deus. Como Deus é amor, eis que o amor é essencial no mecanismo da saúde.

(...)

As curas verdadeiras resultam da decisão superior de encontrar-se e localizar-se, cada qual, no contexto do equilíbrio que vige no Universo.         

 

Livro:  Elucidações Psicológicas à Luz do Espiritismo

            Divaldo Pereira Franco, pelo Espírito Joanna de Ângelis,

            organização de Geraldo Campetti Sobrinho e Paulo Ricardo A. Pedrosa

 

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!